Celso Barros Coelho

– Formado em Direito pela UFPI em 1953;

– Advogado (OAB-PI n. 298/55) militante desde 1955, tendo sido Presidente da OAB-PI por 10 anos (1964/1974), com atuação nas mais diversas áreas do Direito, tais como: Direito Administrativo, Civil, Constitucional, Eleitoral e Previdenciário, além de consultoria em geral;

– Procurador Federal do INSS aposentado;

– Ex-Deputado Estadual e Federal pelo Piauí por 2 mandatos (relator da primeira Lei do Divórcio, da antiga Lei do Inquilinato e do Livro das Sucessões do atual Código Civil), tendo sido membro titular da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados;

– Membro do Instituto Brasileiro de Direito Comparado, do Instituto dos Advogados Brasileiros, do Instituto dos Advogados Piauienses e da União Brasileira de Escritores-PI;

– Ex-Secretário de Estado de Governo do Piauí e ex-Assessor Jurídico Especial do Ministério da Educação;

– Prestou assessoramento para a elaboração das Constituições dos Estados do Piauí, Maranhão e Tocantins;

– Foi Professor de Língua Portuguesa, Francês, Grego e Latim;

– Professor titular de Direito Civil e de Direito Constitucional da Universidade Federal do Piauí – UFPI, da Escola Superior da Magistratura e da Escola Superior da Advocacia do Piauí;

– Ex-Professor visitante de Direito Civil da Universidade de Brasília – UNB;

– Palestrante, tem vários livros publicados na área do Direito, Filosofia, Literatura, Social e Política e é membro e ex-presidente da Academia Piauiense de Letras e atual Presidente da Academia de Letras, História e Ecologia da Região de Pastos Bons (MA);

– Detém inúmeras honrarias, condecorações e títulos de cidadania; em 2006 recebeu distinção de honra ao mérito na advocacia brasileira do Conselho Federal da OAB, oportunidade em que foi colocada sua foto na galeria dos grandes advogados brasileiros;

– Foi aprovado em diversos concursos públicos, dentre os quais: Juiz de Direito do Piauí, Promotor Público do Piauí e Fiscal Federal do antigo IAPAS;

– Idiomas: Espanhol, Francês, Italiano e Latim;